Rafaela Silva prestigia Seletiva Nacional de Equipes de Base

10 dez

As jovens atletas que competiram no sub-18 hoje tiveram um incentivo a mais no Ginásio Tancredão hoje. A campeã mundial sub-20 e vice-campeã mundial adulto, Rafaela Silva, esteve no local e serviu de inspiração para as meninas que buscavam um espaço na seleção nacional de base e que sonham competir no mais alto nível num futuro próximo.

“Investir na base é muito importante para se ter renovação sem perder qualidade. Hoje temos grandes lutadores, inclusive medalhistas nas últimas Olimpíadas, que tem idade de base ainda. O que a CBJ oferece aos atletas que se classificam é muito importante porque vai desde uma viagem sem custo até a troca de informações com judocas de outras países. Você vê pegadas diferentes, técnicas diferentes, estilos diferentes de judô. O jovem que participa de um Estágio Internacional desses volta pro país com outra cabeça”, declarou Rafaela.

Image

A judoca, que chegou do Japão na última terça-feira,  aproveitou para falar também sobre a medalha de bronze conquistada no Grand Slam de Tóquio, antiga Copa Jigoro Kano, um dos torneios mais tradicionais do mundo.

“O Grand Slam foi minha quarta competição no novo peso e é uma competição de alto nível porque o Japão é o berço do judô. Eles tem direito de colocar até quatro atletas por categoria e o ginásio fica lotado com toda uma torcida contra. Eu peguei uma coreana que era cabeça-de-chave logo na primeira luta. Depois passei por uma japonesa e acabei perdendo para outra japonesa. Mas eu gosto muito de competir no Japão”, comentou Rafaela.

O próximo desafio da atleta é a Seletiva Rio 2016 – I Etapa que acontece em São Paulo nos próximos dias 15 e 16. Como Rafaela mudou de categoria de peso, ela não está dispensada da disputa como outros judocas que estão bem posicionados no ranking mundial.

“Se eu quiser estar nos campeonatos internacionais no ano que vem, tenho que passar pela seletiva. Eu ainda estou me adaptando ao novo peso porque no antigo eu era uma das mais altas. Hoje, eu luto contra atletas que tem o dobro do meu tamanho. O meu objetivo é estar na seleção para continuar pontuando no ranking mundial e chegar nas Olimpíadas de 2016”, finalizou Rafaela.

 

(Matéria replicada de CBJ: http://goo.gl/gFqZG)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: